Praga, goulash e cerveja

A sinagoga mais antiga da Europa (ao lado) está em Praga, a Antiga-Nova Sinagoga. Construída em 1270 foi o principal templo religioso dos judeus na cidade por 700 anos. E não é a única. Muitas construções judaicas foram preservadas pelos nazistas porque eles escolheram a cidade para ser o museu da raça extinta.

L1030158

Praga foi ocupada pelos nazistas em 1939, logo no início da Segunda Guerra Mundial, e a maioria dos judeus checos foram enviados para o campo de concentração de Terezín, próximo a cidade, por onde passaram 140 mil judeus. Após a guerra, o país ficou sobre a influencia dos russos que impuseram o comunismo e a língua russa.

L1030235L1030217

A República Checa tal como a conhecemos hoje existe desde 1993 quando a Checoslováquia separou-se pacificamente em dois países: a República Checa e a Eslováquia. A Checoslóvaquia foi fundada em 1918 após a queda do Império Austríaco, depois da Primeira Guerra Mundial. No período entre guerras, o país esteve entre as 10 maiores economias do mundo e Praga foi a maior cidade da Europa.

Grande parte dela foi reconstruída no início do século 20 e sua arquitetura tem muito do barroco e da Art Nouveau.

L1030151

Se você fala inglês, não precisa se preocupar. Em todos os restaurantes e bares as pessoas falam inglês e os cardápios também estão nos dois idiomas. Em alguns há ainda em francês e russo. A comida checa é muito parecida com a comida alemã, se come muito strudel e muito goulash.

Uma curiosidade é que algumas casas tem em cima da porta uma imagem, como a da foto com o desenho do elefante (abaixo). Elas eram utilizadas para identificar as moradias, como hoje fazemos com números. Ou seja, o endereço era rua tal, casa do elefante. Ou rua tal, a segunda casa a direita da do elefante.

L1030187

Comida – Praga eu realmente evitei restaurantes mais refinados, exceto o Café Savoy que vale pelo lugar, arquitetura e principalmente pelo steak tartar. O legal da cidade são os restaurantes típicos de comida checa com cerveja de fabricação caseira.

Primeira noite na cidade e caminhando, próximo ao hotel, no bairro judeu de Josefov, dou de cara com o La Degustation Bohême Bourgeoise, um dos dois restaurantes estrelas Michelin da cidade, e o preço bem convidativo. Afinal, Praga é de todas as cidades, a mais barata. Fiz a reserva e não fui. Não estava nem um pouco afim de menu degustação. Em frente tinha um restaurante, espécie de taberna. Foi ali que passei a noite entre canecas de cerveja, goulash e salsichões. Tudo a preço de banana. Boa comida, sem sofisticação, em um ambiente em que se misturavam jovens e maduros. Para minha surpresa, descobri que o dono do La Degustation era também dono deste restaurante.

Desculpem, mas depois de um longo tempo sem escrever no blog, e de já ter regressado da cidade, e entre idas e vindas a outros lugares, não encontro o cartão com o nome desta taberna. Mas enfim, é na frente do La Degustation.

Mas o que eu mais gostei foi o Kolkovna, voltei outras duas vezes. De cozinha local, excelente comida e ambiente. Fica também no bairro judeu, na 8 V Kolkovne, esquina com a Dlouhá.

Não deixe de comprar uma marionete. Símbolo da cidade, o teatro de marionetes ganhou força quando se proibiram peças de teatro no país. Boa viagem!

(visitada em março 2013)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s