Muitos motivos para conhecer Munique

O Oktoberfest não acontece em Munique por coincidência. A cerveja é parte importante de sua história e cultura. As duas universidades mais reconhecidas mundialmente para quem quer se tornar mestre cervejeiro estão na região.

Mas apesar de ter visitado Munique duas vezes, nenhuma delas foi na festa da cerveja. Isso não importa, há este e muitos outros motivos para voltar à capital da Bavária.

Não é a toa que Munique é considerada uma das cidades mais bonitas da Alemanha. A beleza arquitetônica e o colorido das construções, até mesmo das abóbadas das igrejas, como a Frauenkirche (Igreja de Nossa Senhora, foto de capa), impressionam.

IMG_20150125_122406-1 IMG_20150125_173157

A Marienplatz, no coração de Munique, tem como principal atração a Neues Rathaus (nova prefeitura), construída em estilo gótico no final do século XIX.

Neues Rathaus, na Marienplatz
Neues Rathaus, na Marienplatz
Detalhe da  torre do relógio da Neues Rathaus e o show de bonecos.
Detalhe da torre do relógio da Neues Rathaus e o show de bonecos.

Todos os dias às 11, 12 e 17 horas, os sinos da torre de relógio executam as músicas que acompanham as apresentações dos bonecos de madeira, encenando histórias da região da Bavária.

O show do meio-dia começou alguns minutos depois. Tá certo, a Alemanha não é a Suíça, mas o atraso coincidiu com o término das badaladas dos sinos das igrejas de Munique, o que para mim soou meio proposital. . . afinal, mesmo com o frio de -4, a praça estava lotada de turistas esperando a tradicional apresentação.

E se você tiver fôlego pode subir os degraus da torre da Peterskirche, ou Igreja de São Pedro, quase na esquina da Rua Rindermarkt com a Marienplatz, e admirar Munique do alto.

Visitar a ópera, caminhar no jardim inglês (Englischer Garten) – o maior parque urbano da Europa e um dos maiores do mundo – passear pelas ruas fechadas do centro, fazer compras na Maximilianstrasse (ou pelo menos olhar as vitrines), e admirar as obras de arte das duas pinacotecas (uma delas Moderna) ou do museu de arte contemporânea (Haus der Kunst, ou Casa da Arte), são algumas das infinitas atrações oferecidas por Munique.

Localização OndaO Englischer Garten também é conhecido pelas ondas do Eisbach, um afluente do Rio Isar. Nem a neve e o frio afastam os surfistas. Eles chegam de todas as partes do globo, e durante todo o ano, para surfar nas ondas de uma cidade distante do oceano.

 

Para os aficionados por futebol há ainda o Allianz Arena, estádio do Bayern de Munique e sede da abertura da Copa do Mundo Alemanha 2006.

Não bastasse essa quantidade enorme de passeios, Munique está localizada em uma região de natureza exuberante, próxima a castelos, estações de esqui e de Salzburgo, na Áustria. Temas para o próximo post.

Portanto, planeje muito bem os dias destinados a Munique em seu roteiro. É grande a chance de ir embora com a sensação de ter faltado tempo para visitar tudo que a cidade e a região oferecem.

Restaurantes

Augustiner Klosterwirt IMG_20150123_201654A cerveja Augustiner data de 1328 e era feita pelos monges do monastério de nome homônimo. É a segunda cerveja mais antiga, a primeira é a Weihenstephan. Ambas são bávaras. O Augustiner Klosterwirt é um típico restaurante alemão de comida da região sul. Não deixe de comer o Schäufele, meu mais novo prato favorito. Apesar de estar habituado à comida alemã desde que me conheço por gente, não lembro de ter experimentado essa iguaria da Bavária feita com ombro do porco, aqui servido com molho apimentado, bolinho de batata e repolho doce. http://www.augustiner-klosterwirt.de/cms/

Spatenhaus an der Oper 20150124_220407Era meu restaurante favorito na cidade quando estive ali pela primeira vez. Perdeu o posto para o Augustiner Klosterwirt por causa do Schäufele. Além de boa comida, está localizado na frente da Ópera de Munique. Seu menu de comidas é amplo e, portanto, merece no mínimo duas visitas. http://www.kuffler.de/de/spatenhaus.php

 

Hofbräuhaus HBContrariando a ideia de que lugar para turista é ruim, a casa da cerveja Bávara mais conhecida no mundo, e a primeira da cidade, merece ser visitada. Além da cerveja Hofbräu, servem boa comida e oferecem show de música tradicional da região. Turistas dividem as mesas com alemães vestindo trajes típicos da Bavária. Aliás, outra coisa comum nos restaurantes da Alemanha, ao menos em Berlim e Munique, é dividir mesas com desconhecidos. http://www.hofbraeuhaus.de

 

Hospedagem

Como eu falei, a Marienplatz é o coração da cidade, portanto se hospede em qualquer hotel perto da praça, assim você poderá fazer tudo a pé. O Louis hotel tem a localização ideal, está literalmente entre a Marienplatz e o Viktualienmarkt, mercado ao ar livre de comidas típicas que também tem biergarten, onde além de tomar cerveja se pode apreciar a culinária alemã. http://www.louis-hotel.com

Viktualienmarkt, com uma das inúmeras das igrejas de Munique ao fundo, a Heiliggeistkirche
Viktualienmarkt, com uma das inúmeras das igrejas de Munique ao fundo, a Heiliggeistkirche.

O Viktualienmarkt abre de segunda à sexta das 10 às 18 horas e aos sábados das 10 às 15 horas. Funciona na rua de mesmo nome atrás da Peterskirche.

Museus e Galerias de Arte

Lenbahaus

http://www.lenbachhaus.de/?L=1

Pinakothek der Moderne

http://www.pinakothek.de/pinakothek-der-moderne

Pinakothek

http://www.pinakothek.de/neue-pinakothek

Haus der Kunst

http://www.hausderkunst.de/              

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s