Zermatt: melhor estação de esqui para quem esquia e quem NÃO esquia

L1000906Agora que estamos no verão europeu, decidi escrever sobre um excelente destino para o inverno!

Como na Europa é costume planejar com antecedência as férias, quem deixa para a última hora não encontra vagas nos hotéis, ou paga preços estratosféricos. O mesmo vale para as passagens aéreas, que se compradas quatro e oito meses antes também ficam mais baratas. Então já está na hora de começar a programar a viagem para o velho continente entre dezembro e fevereiro.

Se você esquia leia este post, mas se não esquia também!IMG_9026IMG_9038Em Zermatt é possível praticar o esporte de inverno o ano inteiro, mesmo no verão, assim como fazer trilhas e escalar montanhas, entre outras atividades.

A estação de esqui de Zermatt não é tão luxuosa quanto a de St Moritz ou de Gstaad, porém não menos sofisticada.

Automóveis não entram na cidade, e justamente por isto a melhor forma de chegar é de trem, com toda a pontualidade e qualidade suíça. De Genebra até lá a viagem dura menos de quatro horas e as paisagens são de perder o fôlego.

A cadeia montanhosa de maior extensão e mais alta da Suiça está em Zermatt. Os Alpes do Monte Rosa, ou apenas Monte Rosa, se estendem pela Itália (Vale da Aosta e Piemonte) e Suiça (Cantão Valais). Também é a segunda mais alta da Europa (a primeira, claro, é o Mont Blanc).

A montanha mais conhecida da Suiça também está em Zermatt. A Matterhorn ou Monte Cervino ilustra as embalagens do Toblerone e da Maison Caran d´Ache, dos famosos lápis de cor.

zermatt_esqui_suiça_meyer_monte_rosa
Alpes do Monte Rosa, o pico mais alto da Suíça e o segundo da Europa, depois do Mont Blanc
IMG_9051
Matterhorn (montanha que ilustra as embalagens do chocolate Toblerone) à direita
IMG_9084
Matterhorn
IMG_9021
Vista de parte da cidade de Zermatt
IMG_8831
Igreja na praça centrar de Zermatt

E por último o Klein (pequeno) Matterhorn, que de pequeno não tem nada com sua altura de 3.883 metros. Mesmo que você não esquie é possível acessar o topo usando os teleféricos do Matterhorn Glacier Paradise. É o lugar mais alto da Europa acessível por teleféricos! Onde também há um restaurante e um ponto de observação da cadeia montanhosa com vistas deslumbrantes, e o Palácio de Gelo (Gletchers – Palast).

Mas se você esquiar é possível cruzar a fronteira entre a Suiça e a Itália esquiando e descer para o outro lado da montanha até a estação italiana de Cervinia!

Inclusive muita gente se hospeda em Cervinia, mas passa o dia esquiando em Zermatt porque na estação de esqui italiana os preços são mais ou menos a metade do que no lado suíço. Não se esqueça de checar o último horário do teleférico para subir ao topo e descer para a Itália. No inverno normalmente é às 15h20.

E por falar em esquiar, Zermatt conta com 360 km de pistas dividas em três complexos: Sunnega – Rothorn; Gornergrat; e Matterhorn Glacier Paradise. Não é à toa que ano pós ano este resort ganha prêmios de melhor estação de esqui dos alpes.

No inverno, fazer trilhas na neve; alpinismo; conhecer iglus; patinar no gelo e pegar o trem até Gornergrat (3.089 metros de altura), onde se encontra um observatório com vista de 360o graus dos alpes, são algumas das atrações para quem não esquia.

zermatt_suiça_esqui_trem_meyer
Trem que leva esquiadores e turistas de Zermatt a Gornergrat

zermatt_esqui_suiça_meyer_trem_gornergrat

L1000837.JPG
Gornergrat

Zermatt é um destes destinos perfeitos, que todo mundo gosta. Além de todas estas atrações, excelentes pistas de esqui, neve o ano inteiro, e paisagens belíssimas, a ampla oferta de bares e restaurantes é mais um destaque do local. A cidade conta com inúmeros estabelecimentos gourmets, sendo dois com estrelas Michelin e dezoito premiados pelo guia Gault Millau.

A minha dica de ouro é: se você quer ir no inverno para ver neve, deixe para viajar entre janeiro e abril. Nos dois últimos invernos europeus a neve tardou a chegar. As primeiras nevadas, daquelas que deixam tudo branco, caíram somente depois do ano-novo. Melhor não correr o risco de vir em dezembro e só encontrar neve no alto das montanhas ou nas pistas de esqui.

L1000859Como chegar:

O trajeto de Genebra a Visp em trem ou carro dura cerca de 2h20. O trem é destes suburbanos, mas padrão Suíça. Ele faz algumas paradas rápidas nas cidades de Lausanne e Montreux, entre outras. Quando ele sai da parte francesa da Suíça e entra na parte alemã, os anúncios são feitos primeiramente em alemão no lugar do francês.

Visp é a parada final onde todos são obrigados a descer do trem e mudar de plataforma para seguir viagem para Zermatt. A conexão é rápida, cerca de 15 minutos. De Zermattt a Visp a viagem dura cerca de 1h10. Com tempo total de trajeto entre Genebra e Zermatt, incluindo a conexão, de cerca de 3h30.

As passagens podem ser compradas diretamente na página da empresa ferroviária Suíça SBB CFF FFS (abreviações de Schweizerische Bundesbahnen; Chemins de Fer Fédéraux Suisses e Ferrovie Federali Svizzere) com um mês de antecedência. No site é possível acessar toda informação necessária para viajar de trem pelo país. Se sua viagem for somente a Zermatt compre o bilhete comum, caso contrário há muitas outras opções.

Outra alternativa é ir de carro até Visp e lá pegar o trem até Zermatt. Ou ir de carro até Täsch, a última cidade antes de Zermatt, onde há um estacionamento para os automóveis. Mas sem dúvida, a opção mais confortável para viajar é de trem.

Quando ir: o ano inteiro. Recomendo apenas evitar o mês de maio porque é quando muitos hotéis fecham depois da temporada de inverno para se preparar para o verão.

O que fazer além de esquiar: é um excelente destino de férias durante todo ano mesmo para quem não esquia. Confira todas as atrações da região disponíveis no site de Zermatt em inglês, alemão e francês. Mas não é preciso comprar nada antes. Fique tranquilo. Normalmente, os hotéis oferecem passes com descontos e forfaits para subir as montanhas. A partir de uma hora da tarde os bilhetes de acesso às pistas ficam mais baratos.

Restaurantes:

IMG_9094
Restaurante e Hotel Riffelhaus, no meio da pista de esqui para parar e comer fondue. Do local também é possível ver o pôr do sol

A lista é extensa. O site de Zermatt tem informações sobre todos os restaurantes da cidade. Mas quatro deles você tem que ir.

Schaferstube_zermatt
Restaurante Schäferstube

Schäferstube (Romantik Hotel Julien) porque é o melhor de comidas típicas da região em um ambiente característico do lugar com atendimento para lá de cordial. Muitas opções de cordeiro, fondue e raclette. No centro da cidade. Endereço: Riedstrasse 2. Telefone: +41 27 966 76 00. Faz reservas online.

chez_vrony_zermatt
Restaurante Chez Vrony

Chez Vrony para almoçar porque é um chalé de madeira no meio das montanhas onde se chega apenas esquiando ou fazendo trilha pela neve (no inverno). O destaque é o hambúrguer orgânico para repor as calorias gastas esquiando ou caminhando até lá. Os donos circulam pelo local conversando com os clientes. Tome um vinho ou uma cerveja no terraço e aprecie a vista. Endereço: Findeln. Telefone: +4127 967 25 52. Como chegar: para quem não esquia, pegue o trem de Zermatt até a estação de Sunnegga (cinco minutos) e depois caminhe por cerca de 20 minutos até o local. Para voltar a Zermatt, siga caminhando por cerca de uma hora (ou menos) montanha abaixo apreciando as vistas e passando por minúsculos vilarejos, quase isolados na neve. Tome cuidado ao cruzar as pistas de esqui.

cervo_puro_zermatt
Restaurante Cervo Puro

Cervo Puro (Cervo Mountain Boutique Hotel Resort) porque é sofisticado e se come muito bem pratos que misturam a culinária da região com o norte da Itália, usando produtos locais. No cardápio há opções de três diferentes menus (variando o número de pratos) ou à la carte. Cerca de 10 minutos de caminhada do centro. Endereço: Daniel F. Lauber Riedweg 156. Telefone: +41 27 968 12 12

Sonnmatten_Zermatt
Restaurante Sonnmatten

Sonnmatten (restaurante e hotel) porque é um dos poucos locais que oferece alta gastronomia a preço acessível (para o padrão da cidade). O menu é composto por quatro pratos e varia todos os dias. O local é decorado no estilo alpino com uma lareira no meio. Está a sete minutos do centro de táxi ou 15 caminhando. Endereço: Winkelmattenweg 96. Telefone: +41 27 967 30 30

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s