Não é só Madrid que tem Plaza Mayor

A quantidade de atrações turísticas próximas a Madrid é enorme e variada. Estações de esqui, castelos e vilas medievais são algumas delas.

Segóvia, Toledo, Ávila e Salamanca, na minha opinião, são as que devem ser visitadas . Toledo e Segóvia é viagem para ir e voltar no mesmo dia, já Salamanca e Ávila dois dias para as duas cidades.

De carro, Ávila está a uma hora de Madrid, e Salamanca a uma hora de Ávila. De trem, o trajeto de Madrid a Ávila dura cerca de 1h15 e de Ávila até Salamanca 1h40. Veja as opções de horários dos trens na página da Renfe.

Alugamos um carro e saímos no sábado de manhã para Ávila. Fizemos o passeio pela muralha, almoçamos e então seguimos para Salamanca, onde chegamos a tempo de ver o entardecer na Plaza Mayor. Dormimos em Salamanca e voltamos a Madrid no final do domingo.

Que me perdoem os madrilenhos, mas a Plaza Mayor de Salamanca consegue ser mais bonita que a de Madrid.

Plaza Mayor de Salamanca
Plaza Mayor de Salamanca

Como em qualquer equação matemática, a ordem dos fatores não altera o produto. Ou seja, se preferir vá direto a Salamanca e no caminho de volta a Madrid pare em Ávila. Se você é turista que não se importa de fazer tudo correndo e comer em qualquer lugar, acho que dá para fazer as duas cidades no mesmo dia. Eu não faria, mas . . .

Igreja de San Pedro em Ávila
Igreja de San Pedro em Ávila

Ávila – a cidade, toda murada, é Patrimônio Histórico da Humanidade. O principal passeio, claro, é andar pela muralha de mais de 2.500 metros, 87 torres e imaginar como era a vida na Idade Média. Assim como em Toledo, cristãos, muçulmanos e judeus conviveram pacificamente na cidade. Caminhe pelas ruas, visite a Igreja de San Pedro na Plaza del Mercado Grande e almoce em um de seus restaurantes. Há quem diga que o cordeiro (lechazo) de Ávila é melhor que o de Segóvia.

Salamanca, ao lado da catedral
Salamanca, ao lado da catedral

Salamanca – Por influencia da universidade, Salamanca é uma cidade jovem. O entardecer do dia visto na Plaza Mayor é belíssimo. Você pode disputar uma das mesas nos bares e restaurantes da praça ou levar seu próprio vinho e sentar no chão, como fazem os estudantes. A cidade também e Património Mundial. A Catedral Nova de Salamanca impressiona pelo seu tamanho. De arquitetura gótica, ela foi construída entre os séculos XVI e XVIII no mesmo local em que estava a antiga, porem sem destruí-la. O convento de San Esteban também vale a visita.

El Mesón de Gonzalo – Excelente restaurante em Salamanca, a poucos metros da Plaza Mayor. Ao chegar ao local, apesar de indicado pelo hotel e ver que estava no Guia Michelin, quase desisti. Entra-se por uma pequena porta e desce para o porão. Valeu a pena, principalmente pelo cordeiro e as croquetas. Plaza Poeta Iglesias, 10. Teléfono: 923 217 222 – Plaza Poeta Iglesias, 10

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s